Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O avanço do Ceará para a fase 1 do plano de reabertura da economia, previsto para esta segunda-feira, não será aplicado em todas as regiões. Segundo o secretário de Saúde, Dr. Cabeto, a incidência de Covid-19 nos municípios irá definir o nível de flexibilização do isolamento social.

A entrada nos demais módulos do projeto estadual requer redução de três índices: ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva, casos confirmados do novo coronavírus e índice de óbitos. A decisão sobre inserção ou não da fase 1 deve ser anunciada pelo Governo do Estado neste sábado (6). Para Cabeto, apesar da flexibilização, o isolamento social é uma medida importante para evitar acréscimo de infectados, como ocorreu em Fortaleza, epicentro de contágio.

O plano de reabertura da economia cearense envolve quatro fases, além da transição. Cada uma possui 14 dias e amplia a rede produtiva assim que é instalada. Casos os critérios de controle da doença não apresentem tendência de queda, a reabertura estaciona ou retrocede.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp