Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Fortaleza registrou queda no número de acidentes de trânsito, ficando abaixo dos 300 óbitos pela primeira vez em 15 anos. Os dados constam no Relatório Anual de Acidentes de Trânsito de 2016. De janeiro a dezembro, foram registradas 278 mortes contra 381 óbitos em 2011, o que representa uma diminuição de 27,03% no número de vítimas fatais na capital cearense.

Esse é o terceiro ano consecutivo, que Fortaleza apresenta queda no número de mortes no trânsito. A maior variação foi em relação a pedestres e ciclistas, considerados os usuários mais vulneráveis a acidentes.

O número de vítimas fatais entre pedestres caiu 50,3%, enquanto o número de vítimas entre os ciclistas diminuiu 39,5%, levando em conta o mesmo período.

Esses números seriam resultados de campanhas educativas, apoiada pela iniciativa Bloomberg de Segurança Viária, entre outras medidas, para alertar condutores, pedestres e ciclistas para os fatores de risco no trânsito, como o uso correto do capacete e da observação aos limites de velocidade.

Outras campanhas educativas serão implementadas ainda em 2017 como, por exemplo, as campanhas que buscam alertar para o risco de beber e dirigir, além do aumento do número de blitze com etilômetros.

Para o superintendente da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC), Arcelino Lima, os dados divulgados são consequências de ações integradas implantadas no trânsito de Fortaleza.