Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Fumaça de incêndio próximo ao Estádio Florestão, em Rio Branco (Acre), dificultaram visibilidade no jogo entre Atlético-AC e Luverdense

O jogo entre duas equipes da Série C, partida entre Atlético-AC e Luverdense vai ficar marcado por algo que acontece fora do campo, mas que teve desdobramentos diretos no que acontece nele. Isso porque o Estádio Florestão, em Rio Branco, foi invadido por fumaças das queimadas que atingem a região da Floresta Amazônica desde a última semana, e precisou ser interrompida até que a visibilidade fosse recuperada.

A situação aconteceu no começo do jogo logo aos 5 minutos de partida, depois que o time matogrossense já havia aberto o placar na capital acreana. Com as fumaças que inviabilizaram a realização da partida, o árbitro catarinense Charly Deretti resolveu parar o jogo, retomado minutos mais tarde.

Os incêndios florestais intensos que ocorreram na última semana tiveram uma série de consequências para o restante do país. Na segunda-feira, São Paulo foi cobertas por nuvens que escureceram a cidade durante o dia, além do registro de ‘chuva preta’ que caiu sobre a capital. Na sexta, o governador Gledson Camelli decretou estado de emergência em função das queimadas que atingem o Acre, cujo território é quase todo ocupado por florestas.

Rebaixados antes da rodada final da primeira fase na Série C, Luverdense e Atlético jogam apenas por ‘honra’ no Grupo B, que vai sendo decidido neste domingo (25). ABC e Globo, ambos do Rio Grande do Norte, são os times que acompanharão a dupla no descenso nesta temporada 2019.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp