Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O prazo para receber contribuições na plataforma de consulta pública do programa Future-se foi prorrogado pelo Ministério da Educação (MEC). A nova data limite para enviar sugestões é até 29 de agosto. O projeto pretende flexibilizar o financiamento do ensino superior alterando leis para que as instituições possam captar mais recursos, além dos repassados pelo governo.

Até a última quarta-feira (14), o programa havia recebido 16.703 comentários em ao menos um dos pontos da proposta, de acordo com o MEC. Quase 50 mil pessoas se cadastraram na plataforma. Para participar, é preciso se cadastrar na plataforma.

O que é o Future-se?

A proposta inicial do programa, lançado em julho, prevê que as instituições poderão fazer parcerias público-privadas (PPP’s), ceder prédios, criar fundos com doações e até vender nomes de campi e edifícios, como em estádios, entre outros pontos. A adesão é voluntária, mas as universidades que aderirem ao programa terão que cumpri-lo integralmente e serão cobradas se não implementarem pontos específicos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp