Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Lançado em novembro do ano passado e, portanto, prestes a completar um ano, o projeto Viva o Parque, que promove atividades de lazer aos sábados e domingos no Parque do Cocó, teve seu orçamento para mais um ano de operação aprovado nesse sábado pelo Governo do Estado durante reunião entre o governador Camilo Santana e o titular da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Ceará, Arthur Bruno.

O orçamento para a permanência das atividades no Parque do Cocó é da ordem de R$ 1,9 milhão por mês, sendo cerca de R$ 400 mil destinados ao custeio do arvorismo, uma das atividades mais procuradas por quem frequenta o local aos sábados e domingos.

De acordo com o coordenador de Educação Ambiental e Articulação Social da Sema, Ulisses Rolim, foi realizada uma pesquisa de satisfação com os frequentadores do Parque. A grande reivindicação é que o projeto não pare. Agora é tentar manter a qualidade e manter o nível de frequência. De acordo com ele o Cocó recebe cerca de 4 mil pessoas por fim de semana – sobretudo aos domingos – que usufruem do projeto Viva o Parque.

O projeto inclui, além das atividades de arvorismo, massoterapia, yoga, tai chi chuan, meditação e biodança, que começam junto com o início da programação.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp