Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O surgimento de informações sobre possíveis estudos do Tribunal de Justiça para fechamento de comarcas no Interior do Ceará gerou preocupação entre deputados estaduais na Assembleia Legislativa. O estudo ainda não foi divulgado, mas já provocou a reação dos deputados estaduais contrários a medidas significam mais sofrimento para quem precisa da Justiça.

O deputado estadual João Jaime (DEM) revelou, nessa quinta-feira, que tomou conhecimento dos estudos do Tribunal de Justiça como medida para reduzir os custos do Judiciário no Ceará. Ele condenou a iniciativa e pediu ao presidente da Assembleia Legislativa, José Albuquerque (PDT), para buscar mais informações junto ao Tribunal de Justiça.

João Jaime disse, nesta sexta-feira, em entrevista aos jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida, no Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Grande Fortaleza + 22 emissoras no Interior), disse que é inaceitável a desativação de fóruns.

Segundo ele, uma possível extinção ou incorporação de comarcas significa o deslocamento das pessoas de uma para outra cidade para resolver pendências na Justiça, o que representa mais demora e mais despesas.

A preocupação exposta pelo deputado estadual João Jaime faz sentido uma vez que, no Estado do Piauí, o Tribunal de Justiça extinguiu e agregou 36 comarcas.

Confira a entrevista completa no player abaixo:

Dep.-Estadual-João-Jaime-entrevista-05.05