Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado votará nesta quarta-feira (04), tanto o parecer do relator da reforma da Previdência na Casa, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), quanto o projeto que sugere mudanças à proposta aprovada em dois turnos no Plenário da Câmara, a chamada PEC paralela. Um dos principais pontos do texto em separado é a inclusão de estados e municípios às novas regras de aposentadoria.
A decisão foi tomada após reunião do colégio de líderes de partidos, realizada nesta terça-feira (03). De acordo com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Nesta quarta, os 27 senadores da CCJ votarão primeiro o parecer elaborado por Jereissati e o texto principal da reforma da Previdência, e depois, a PEC paralela.
Temos hora para começar, mas não para terminar. Não temos pressa, porque esse é um debate relevante e importante que nós temos que ouvir todas as vertentes. A não ser que haja um acordo de líderes (para que a sessão termine sem votação) estou preparada para varar a madrugada, garantiu a presidente da CCJ.
Se aprovados, os dois textos ficam prontos para ir a Plenário. No entanto, ainda não foi estabelecido um dia para que ambos sejam analisados por todos os 81 senadores.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp