Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma pesquisa do Instituto Datafolha apontou que apenas 25% dos entrevistados aprovam a atuação dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), enquanto 35% reprovam o trabalho dos magistrados. Outros 35% consideram o desempenho como regular. O levantamento foi publicado pelo jornal “Folha de São Paulo” , neste sábado.

Mesmo em meio a onda de ataques do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao STF, a avaliação se manteve estável comparada ao levantamento anterior, divulgado em julho de 2021. Na ocasião, 24% dos entrevistados classificaram a atuação dos ministros como ótima ou boa e 33% como ruim ou péssima. Outros 36% avaliavam como regular e 7% não sabiam opinar.

Para a nova pesquisa o instituto ouviu 3.667 pessoas em 190 cidades entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro máxima é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança de 95%.

Avaliação do STF:

Ótimo/bom: 25%
Ruim/péssimo: 35%
Regular: 35%
Não sabe: 5%

Ainda segundo o Datafolha, têm uma avaliação mais negativa do Supremo do que a média pessoas com curso superior (42%) e os mais ricos (51% no grupo que recebe mais de dez salários mínimos).

Entre os empresários, classe que reprenta apenas 2% dos pesquisados, a má imagem da corte também chama atenção: 59% consideram os magistrados como ruins ou péssimos.

A pesquisa também apontou que dos entrevistados que consideram o STF “ótimo ou bom”, 41% são eleitores do PSDB, e outros 32% pesquisados são pessoas que reprovam o governo Bolsonaro.

(*) Com informações O Globo

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp