Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em recente levantamento realizado pelo Instituto Datafolha, ficou constatado que 3 a cada 4 brasileiros, ou seja 75%, responsabilizam o governo Bolsonaro pela alta nos preços de produtos e alimentos no país. Além disso, 71% dos pesquisados também atrelam ao governo o aumento no desemprego.

Relacionado à inflação, que já chegou aos 9,68% no acumulado em 12 meses até agosto – segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – , 41% dos entrevistados afirmam que o governo de Jair Bolsonaro tem muita responsabilidade pelo aumento dos preços. Outros 34% dizem que o governo tem um pouco de responsabilidade. Para 23%, não tem nenhuma, e 2% não sabem.

Entre os brasileiros que classificam a gestão de Bolsonaro como ótima ou boa, 30% reputam ao presidente muita responsabilidade pela subida de preços e 45%, alguma responsabilidade.

A perspectiva da população em relação ao comportamento da inflação no futuro também foi medida pelo Institutpo. Para 69%, os preços vão continuar a subir daqui para a frente. Outros 15% dizem que devem ficar como está e apenas 12% veem tendência de queda.

Sobre o desemprego, 39% dos consultados afirmam que Bolsonaro tem muita responsabilidade na alta do número de pessoas sem trabalho nos últimos meses. Para 32%, o governo tem um pouco de responsabilidade, ao passo que 27% não o veem como responsável pela situaçao e 2% não sabem.

A maioria da população (54%) diz acreditar que o desemprego deve aumentar no futuro. Para 25%, deve ficar como está e 19% veem tendência de queda.

A pesquisa foi realizada presencialmente com 3.667 pessoas maiores de 16 anos em 190 municípios entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. As respostas foram estimuladas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp