Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Pela primeira vez, as despesas de consumo das famílias com transporte ultrapassam os gastos com alimentação no Brasil. É o que indica a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), divulgada nesta sexta-feira (4), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que traz dados de 2018. Essa é a realidade de milhares de cearenses que gastam boa parte do orçamento com a locomoção.

De acordo com o levantamento, em média, as despesas com habitação correspondem a pouco mais de 36% de todas as despesas de consumo das famílias brasileiras. Já a alimentação, compromete 17,5% do orçamento. As despesas com transportes, no entanto, são responsáveis por 18,1% dos gastos.

As despesas de consumo são aquelas feitas para aquisições de bens e serviços utilizados para atender diretamente às necessidades e desejos pessoais das famílias e seus integrantes. Não são entendidas pelo IBGE como parte delas: impostos, contribuições trabalhistas, serviços bancários, pensões, mesadas, doações e outras despesas correntes. Em média, as despesas de consumo representam 81% dos gastos das famílias brasileiras – ou R$ 3.764,51 mensais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp