Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Petrobras prevê reduzir sua dívida líquida para 77 bilhões de dólares até o fim deste ano, volume 12,6 por cento menor que a registrada no terceiro trimestre de 2017, de 88,1 bilhões de dólares, disse a petroleira em nota nesta sexta-feira, ao anunciar um prêmio pela gestão de seu endividamento.

A queda é ainda maior quando comparada ao terceiro trimestre de 2016, quando a dívida líquida da empresa chegou a alcançar 100,3 bilhões de dólares.

De 2015 até setembro de 2017, a Petrobras ressaltou que houve uma redução de 40 por cento no indicador dívida líquida/lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, de 5,1 para 3,16 vezes. A companhia disse que “segue com os esforços para reduzir seu endividamento”.