Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em uma ação rápida e integrada, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) prendeu um suspeito de latrocínio menos de 24 horas após o crime. A prisão aconteceu na última sexta-feira (18), quando a investigação policial chegou à autoria de Francisco Cândido Melo Júnior (21), apontado como um dos autores de um latrocínio e de outros dois crimes de roubos ocorridos na quinta-feira (17). A ofensiva policial foi conduzida pela Delegacia Municipal de Novo Oriente, com apoio da Regional de Crateús e da Polícia Militar.

Segundo as investigações da Delegacia Municipal de Novo Oriente, Cândido e o comparsa atuavam na prática de roubo na região. Com base nos registros de algumas vítimas e de informações da PM, a dupla foi identificada. Na última quinta-feira (17), a dupla realizou três ações criminosas em série utilizando uma motocicleta. Em um deles, na localidade de Três Irmãos, zona rural, os criminosos mataram o agricultor Expedido Nonato da Silva (61). A vítima foi abordada por dois homens, que atiraram duas vezes contra o agricultor e ainda roubaram dinheiro da vítima. Logo em seguida, os infratores seguiram para um bar e roubaram o estabelecimento.

Durante buscas na casa do suspeito, os policiais civis não conseguiram encontrar os objetos das vítimas, no entanto, uma motocicleta foi apreendida e passará por análises na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce). Detido, o suspeito foi conduzido para a delegacia em Novo Oriente, onde foi autuado por latrocínio. Ele foi levado para a Cadeia Pública de Novo Oriente e se encontra à disposição da Justiça.

De acordo com o titular da Delegacia de Novo Oriente, delegado Emerson Faria, durante o último fim de semana, não houve registro de roubos na região. “O trabalho integrado entre as delegacias de Novo Oriente e Crateús, assim como o apoio da população por meio de denúncias, teve um retorno satisfatório para a sociedade. Esperamos localizar o comparsa de Cândido e identificar outros suspeitos com envolvimento em ações criminosas na região”, relata.

A Polícia Civil segue com diligências à procura do comparsa de Cândido, um adolescente que participou, pelo menos, dos últimos três delitos. A população pode colaborar com os trabalhos policiais relatando ações criminosas de que tem conhecimento. As ligações devem ser direcionadas para o telefone (88) 3629-3030, da Delegacia de Novo Oriente.

Com informações Secretaria de Segurança Publica e Defesa Social