Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Policiais civis da Delegacia Metropolitana de Pacajus desativaram um galpão usado para fabricação de drogas e prenderam quatro suspeitos de comercializar os entorpecentes. As prisões aconteceram nessa sexta-feira (03), na Rua Miguel Brilhante, em Pacajus, na Área Integrada de Segurança 9 (AIS 9). Diversos materiais usados para a produção das drogas também foram apreendidos.

As investigações sobre o local surgiram a partir de denúncias anônimas de que o galpão funcionaria para fabricar e distribuir os entorpecentes na região. Ao chegar ao local, quatro pessoas fugiram para um terreno ao lado do galpão onde continham algumas casas. Três pessoas foram capturadas de imediato. O quarto envolvido conseguiu escapar. Foram presos: Antonio Elenilson Pinheiro Oliveira (31), que responde por tráfico de drogas; Ismael do Nascimento Oliveira (20), sem antecedentes; e Aldanizio Domingos Albuquerque (31), que responde por porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, crime contra a fé pública, tentativa de homicídio e homicídio doloso.

Dentro do galpão, foram apreendidas cocaína e maconha, além de garrafas de líquido diluente e creatina para misturar as drogas. Conforme o titular da Delegacia de Pacajus, Klever Farias, parte do material apreendido estava escondido. “Realizamos buscas e encontramos as drogas enterradas no chão do galpão”, revelou o delegado. Continuando em diligências, os policiais localizaram e prenderam Cristiane Souza dos Santos (38), sem antecedentes. Dentro da residência dela, foram encontradas mais drogas e materiais para fabricação, além de balança de precisão e um par de algemas.

O quarteto foi conduzido para a delegacia de Pacajus, onde foi autuado por tráfico, associação para o tráfico de drogas e pelo uso de apetrechos para a produção das drogas. A Polícia Civil segue investigando a participação de outros envolvidos no tráfico da região.

Denúncias

A população também pode colaborar com o trabalho policial registrando denúncia pelo número 181, o telefone do Disque-Denúncia, da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou diretamente na Delegacia Metropolitana de Pacajus pelo número (85) 3348.4591. O sigilo é garantido.

Fonte: SSPDS