Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O delegado do Departamento de Polícia do Interior, Jocel Dantas, disse que o grupo que promoveu, em Jaguaruana, na madrugada deste sábado, momentos de terror, com cerca de  20 a 25 homens, já vinha sendo investigado pelo serviço de inteligência da Polícia. O grupo tentou assaltar duas agências bancárias da cidade, mas a ação foi frustrada pela rápida ação da Polícia Militar.

O trabalho contou com o apoio da Polícia Federal do Rio Grande do Norte. Por conta do monitoramento a Policia já sabia que o grupo iria agir na região Jaguaribana, só não sabia em qual cidade. Mesmo assim a resposta da Polícia foi rápida.  O serviço de inteligência detectou que quadrilha era composta de indivíduos da Paraíba e Rio Grande do Norte, que já vinha atuando em pequenas cidades do nordeste.

A ação criminosa repetiu o mesmo procedimento de ataques anteriores, uma parte do bando atacou a delegacia na tentativa de impedir o trabalho da polícia e outra parte se dirigiu às agências do Banco do Brasil e Bradesco para “estourar” os caixas eletrônicos. Com a explosão, a Policia entrou em ação e iniciou o confronto com os bandidos que usavam armamento pesado.

Seis tombaram sem vida no confronto e cinco foram presos e um ferido. A Polícia não divulgou mas há informações de que um cidadão que nada tinha a ver com o caso, acabou atingido e morreu no tiroteio