Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

De julho para agosto, o valor do feijão ficou até 20,5% mais em conta nas unidades da Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa). Essa foi a redução no preço do feijão de corda (macassar), cujo quilo estava sendo comercializado por R$ 3,65 e passou para R$ 2,90. De acordo com o analista de mercado da Ceasa, Odálio Girão, todos os tipos de feijão estão mais baratos devido ao aumento da oferta, tanto no Ceará como em outros estados.

No caso do feijão de corda, as últimas colheitas foram boas no Estado, por conta das chuvas observadas no primeiro semestre deste ano. Quanto ao preço do feijão carioquinha, houve redução de 3,6% no quilo do produto na Ceasa. Na primeira quinzena de julho, o consumidor encontrava o item por R$ 4,10, preço que atualmente está em R$ 3,95.

Já o feijão branco, ficou cerca de 13% mais em conta na Ceasa, com o quilo caindo de R$ 3,90 para R$ 3,40 no período analisado. O valor do quilo do feijão preto, por sua vez, recuou 1,2%, passando de R$ 4,20 para R$ 4,15. E o quilo do feijão verde apresentou queda de 1,6%, indo de R$ 6,20 para R$ 6,10.

Segundo Odálio, a redução no valor da mercadoria de julho para agosto já aumentou a demanda por feijão na Ceasa em torno de 5%.