Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A história de cinco jangadeiros cearenses que viajaram de embarcação no século passado de Fortaleza ao Rio de Janeiro está sendo contada em placas biográficas instaladas pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setfor), no Mercado dos Peixes, no Mucuripe.

A homenagem lembra a peregrinação dos pescadores Jacaré, Jerônimo, Mané Preto, Tatá e Eremilson que viajaram durante o Estado Novo para pedir por melhores condições de trabalho e o reconhecimento da aposentadoria da categoria.

“Em março do ano passado quando a Prefeitura entregou o novo equipamento, cada bloco recebeu o nome de um desses pescadores, mas poucas pessoas conheciam suas histórias. Na última semana, instalamos novas placas, com a mini biografia e ilustração de cada pescador. Uma forma de contar nossa história e homenagear os jangadeiros e suas famílias”, destacou o secretário de Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira.

As placas foram instaladas na entrada de cada bloco do Mercado e escritas em português e inglês.

“Pensamos também nos estrangeiros que visitam a cidade, por isso foram escritas em inglês. A partir de agora estaremos disponibilizando informações bilíngües em todos os equipamentos turísticos de Fortaleza”, ressaltou o secretário.

Com informação da A.I