Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Pessoas que foram ao posto de saúde Paulo Marcelo, no Centro de Fortaleza, para se vacinar contra a febre amarela relataram, tumulto na manhã deste domingo (21). Uma técnica de enfermagem que vai viajar para São Paulo no próximo dia 16 disse que quem está na fila de cerca de 100 pessoas não sabe se ainda há vacinas no posto ou mesmo se haverá nova distribuição de senhas neste domingo.

Segundo ela, três equipes da Polícia Militar já foram ao local porque . “Não tem ninguém para fazer uma triagem aqui e tem gente que vai viajar no meio do ano e já está na fila”, disse a mulher que prefere não ser identificada. Ela chegou às 9 horas ao posto e, no fim da manhã, seguia na fila, em meio, segundo ela, a muita desinformação.

O comerciário Sérgio de Araújo chegou por volta das 8h30 ao posto e não conseguiu se vacinar. Ele recebeu a informação de que não haveria senha e de que precisava entrar na fila. Por volta das 11h, os funcionários disseram que havia 28 vacinas, porém, na 20ª pessoa funcionários disseram que não havia mais vacina, então ele voltou para casa sem a imunização. Araújo tem viagem marcada para São Paulo no fim da próxima semana.

A SMS orienta que a vacinação é recomendada somente para a população cearense que vai viajar, já que o Ceará está fora da lista de estados endêmicos.

A vacinação contra a febre amarela ocorre em regime de plantão em dois postos de saúde de Fortaleza, das 8h às 16h30. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 2.300 novas doses da vacina foram disponibilizadas para o fim de semana.

Com informação G1