microsoft project 2010 resource allocation free autodesk revit extensions 2016 free logitech software windows 10 jpeg image viewer for windows 10 online microsoft word 2019 free create brushes affinity designer free bower download windows free acer aspire switch 10 windows 8.1

O governador Camilo Santana (PT) anunciou, nesta terça-feira, a injeção de R$ 2.000.000,00 (dois bilhões de reais) na economia do Ceará, entre os dias primeiro e 31 de dezembro com o pagamento de salários e a segunda parcela do 13º dos servidores estaduais. Serão R$ 800 milhões, no dia primeiro de dezembro, para a folha salarial de novembro, R$ 400 milhões, no dia 22, destinado à segunda parcela do 13º e R$ 800 milhões a serem desembolsados no último dia do ano para os salários dos servidores estaduais referentes ao mês de dezembro.

Dos 27 estados da federação, 15 não estão conseguindo pagar em dia os salários dos servidores. Outros quatro – Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Rio Grande do Norte, estão, além de atraso no desembolso da folha salarial, não tem recursos para cobrir o pagamento do 13º salário.  Camilo, ao anunciar a boa notícia para o funcionalismo estadual, mostrou, com números, que, com planejamento e economia, o Estado mantém as suas contas equilibradas.

Os 162 mil servidores estaduais ativos e inativos do Ceará receberam, no mês de julho, a primeira parcela do 13º salário que consumiu, pelo menos, R$ 420 milhões dos cofres estaduais. Diferente da maioria dos estados, o Ceará conseguiu, nos últimos três anos, manter em dia os salários dos servidores e o pagamento de fornecedores. Camilo relata dificuldades nos últimos anos com a queda brusca na arrecadação tributária e, principalmente, nas transferências de recursos federais. Mesmo, assim, segundo ele, o Estado mantém as suas contas em dia e com equilíbrio.