Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

O presidente da CMFor, vereador Salmito Filho (PDT), cobrou nesta quarta-feira, 10, do Governo Federal a liberação de recursos para que o Centro Histórico de Fortaleza seja requalificado. De acordo com o Salmito, a Prefeitura de Fortaleza arcará com todos os custos, enquanto o Governo Federal precisará apenas fazer sua parte do processo formal da legalidade.

Salmito iniciou sua fala destacando o livro “Tombamento, afetos construídos”, da autoria Manoela Queiroz, ressaltando que o livro faz um registro histórico e cultural dos prédios históricos da cidade de Fortaleza, especialmente os localizados no Centro da Cidade. Ele comentou a CMFor realizará uma audiência pública com a autora para que ela faça uma apresentação do livro.

“Estive no lançamento do livro e recebi hoje ele. E para minha alegria, a Câmara Municipal de Fortaleza fará audiência pública com a presença da escritora para que ela faça apresentação do livro. Essa é uma contribuição que enriquece muito a nossa cidade”, afirmou.

O Presidente ressaltou que Prefeitura vem trabalhando para revitalizar e requalificar o Centro de Fortaleza, e elaborou um grande programa para requalificar o Centro Histórico da Capital, porém, aguarda a liberação de recursos pelo Governo Federal para que isso aconteça.

“O Governo Federal não entra com um centavo, como é transação de financiamento internacional, ele apenas faz parte da legalidade, do processo formal. O recurso é financiamento internacional captado pela Prefeitura de Fortaleza e que vai ser investido na cidade de Fortaleza, pago pela Prefeitura. A Prefeitura fez o dever de casa, apresentou todos os protocolos para o Governo Federal, então por quê que não libera o financiamento da Prefeitura? A PMF está descumprindo alguma norma ou lei? Que seja então apresentado”, pontuou.

Salmito pediu a ajuda de todos os senadores, especialmente os do Ceará, incluindo o Presidente do Senado, Senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), para que apoiem a causa e peçam para que o Governo Federal mande para o Senado não só a proposta de aprovação desse recurso, mas de outros também para que sejam investidos na Capital cearense.

“O Centro Histórico é o território que mais gera emprego com carteira assinada no Ceará. Se fosse município separado, geraria mais emprego com carteira assinada do que qualquer outro município do Estado. Olhem do que estamos falando. Peço apoio do Senador Eunício, Presidente do Senado, para que ele possa nos ajudar a conseguir o que temos de direito, que é o recurso para requalificação do Centro Histórico de Fortaleza”, ressaltou.