Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Após um mês do anúncio da liberação de R$ 10 milhões para a Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, o Governo do Estado ainda não fez o repasse da verba para a instituição. A cobrança foi feita pelo deputado Heitor Férrer (SD), nesta terça-feira (29), durante pronunciamento na Assembleia Legislativa. O parlamentar frisou que, a partir do dia 01, as cirurgias voltarão a ser suspensas por tempo indeterminado pela falta de recursos.

“Até hoje, 30 dias depois, não chegou um tostão. Ou seja, o governador leva a público uma mentira oficial. Diz à sociedade que vai socorrer a Santa Casa, através de uma mentira do Governo, e a sociedade continua sofrendo. Dia 01, as cirurgias serão suspensas em definitivo e nós teremos a decretação de pena de morte oficial pelo governador Camilo Santana”, criticou Férrer.

Com informações Assessoria de Imprensa Heitor Ferrer

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp