Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto: Marcos Moura

O Prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), deu posse, nesta sexta-feira, 7, a Ilário Marques (PT), na Secretaria municipal de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS). Na postagem, realizada em suas redes sociais, Sarto desejou sucesso ao petista: “Desejo sucesso a Ilário nessa nobre missão de oferecer assistência social a quem mais precisa e lutar para reduzir desigualdades na nossa Cidade, especialmente neste momento em que enfrentamos os efeitos da pandemia”.

Ilário já foi prefeito de Quixadá, deputado federal e estadual pelo PT e estava exercendo o cargo de secretário executivo da Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), pasta do governo do Estado.

O petista destacou que, para ele, é um desafio assumir a pasta, sobretudo por conta do advento da pandemia da Covid-19. “ É uma tarefa que, face ao aprofundamento da crise social e econômica na qual o País está mergulhado com a pandemia. As políticas públicas devem ser sensíveis e elaborar, junto com a sociedade civil, um trabalho intersetorial que realmente alcance as pessoas mais vulneráveis e que precisam de acolhimento”, declarou o secretário.

O gestor da capital aproveitou para agradecer Cláudio Pinho, que deixou a Secretaria. “Mais uma vez, agradeço ao Cláudio Pinho pelo importante trabalho que desempenhou à frente da pasta”. Cláudio Pinho, que é ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, deve disputar as eleições deste ano.

A decisão de Sarto mostra sintonia com as tomadas por Camilo Santana (PT). Nesta semana, o governador do Ceará decidiu exonerar Secretários que vão disputar cargos eletivos: O deputado federal Mauro Filho (PDT), que era o Secretário do Planejamento e Gestão (Seplag) o ex-Senador Inácio Arruda (PCdoB), que exercia o cargo de Secretário da Ciência e Tecnologia do Ceará, De Assis Diniz (PT), que estava na Secretaria do Desenvolvimento Agrário e o Deputado Estadual Zezinho Albuquerque (PDT), que passou 3 anos como Secretário das Cidades. Esse último, inclusive, cogita a possibilidade de saída do PDT para o PP, partido do seu filho, o deputado federal AJ Albuquerque.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp