Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A secretária da Justiça e Cidadania do Estado, Socorro França, realizou uma mudança temporária para estar mais próxima ao que acontece no sistema penitenciário. Há 15 dias, o gabinete da Sejus está funcionando na Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor José Jucá Neto (CPPL III), em Itaitinga. Além da titular da pasta, profissionais de saúde, assistentes sociais, psicólogos e advogados também passaram a atuar na unidade prisional, dando suporte à direção.

“Nosso objetivo é estar mais próximo dos internos, mostrando a eles que estamos recebendo suas famílias com o respeito que elas merecem e trabalhando para que eles permaneçam na unidade somente o tempo determinado por lei. Ao mesmo tempo, queremos dar apoio à unidade para o controle e pacificação daquela unidade”, ressalta a titular da pasta, Socorro França. A secretária destaca que a Sejus não tem medido esforços para realizar o máximo de atendimentos possível.

Nos últimos dias, cerca de 450 procedimentos foram realizados nos internos. Estão ocorrendo consultas médicas, testes rápidos e vacinação, além de atendimento odontológico. Psicólogos e assistentes sociais também estão atendendo aos internos que manifestam interesse.

O setor jurídico vem reforçando o apoio aos defensores públicos que atuam na unidade prisional, além de realizar um diagnóstico das situações de todos os internos. “Nossa meta é realizar o diagnóstico de todos os internos, vamos identificar os encaminhamentos cabíveis e passar à Defensoria. Nosso intuito é facilitar esse atendimento dos defensores e ajudar a evitar que internos passem mais tempo recolhido que o necessário”, disse André Campos, advogado da Sejus.

Com informações Governo do Estado do Ceará