Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretaria de Saúde do Município lançou nessa quinta-feira (10), o “Dia D de Combate a Leishmaniose”, também conhecida pelo calazar. O evento realizado no Cuca da Barra do Ceará, também contou com atividades culturais e oferta de serviços de saúde.

Este ano, Fortaleza registrou 17 casos com cinco óbitos por calazar em humanos. Os bairros que apresentam maior incidência do calazar são Bom Jardim e Barra do Ceará. Mas a preocupação com a incidência da doença se estende para todo o Estado.

Atualmente, o Ceará tem 157 casos confirmados de calazar com 10 mortes registradas. O trabalho de prevenção é fundamental para evitar o crescimento das ocorrências.