Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A fim de coibir Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) e Crimes Contra o Patrimônio (CVP) na Grande Messejana , a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) deflagrou, nessa quinta-feira (2), a operação Guarida.

Nas ações, um homem com extensa ficha criminal foi preso e drogas foram apreendidas.

A operação foi desenvolvida com base em estudos de dados fornecidos pela Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), tem o objetivo de oferecer uma atuação qualificada na prevenção de crimes e na resolução de conflitos, além de promover diligências visando identificar pessoas envolvidas em crimes registrados. As ações na região se estenderão até esta sexta-feira (3).

Prisões

Durante as ofensivas, equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) prenderam Daniel Targino de Oliveira (45). Contra ele, um mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas, que estava em aberto, foi cumprido. O homem, que já possui passagens pelos crimes de homicídio doloso, associação criminosa, posse ou porte ilegal de arma de fogo, roubo de veículo, receptação e adulterar ou remarcar número de chassi ou qualquer sinal identificador de veículo e resistência, foi capturado em um imóvel da Messejana.

Já no Curió, uma composição do Policiamento com Cães da Polícia Militar do Ceará (PMCE) efetuou as apreensões de 12 gramas de crack e cocaína. O material foi encontrado pelo animal da equipe no quintal de um imóvel. Os entorpecentes foram apresentados no 35º Distrito Policial, onde um inquérito por tráfico de drogas foi instaurado. A PC-CE realiza diligências no intuito de identificar o proprietário dos ilícitos.

Balanço

Ainda durante as ações, equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) realizaram 34 vistorias a estabelecimentos comerciais em comunidades da Mangueira, São Miguel e Palmeirinha. Desse número, 15 comércios foram notificados. As equipes do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) abordaram ainda 105 veículos, com 21 autuações. Já pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), foram realizadas 18 fiscalizações para verificar a integridade de tornozeleiras eletrônicas e a situação legal dos apenados.

(*) Com informações SSPDS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp