Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A greve está descartada nas escolas da rede de ensino municipal de Fortaleza. Um acordo entre os professores e a Prefeitura garantiu um reajuste salarial de 12,84% sobre os salários dos membros do magistério a ser pago a partir do mês de setembro.

Antes da entrada em vigência desse percentual, os professores receberão o índice de 4,31% de correção salarial. Além disso desses percentuais, os professores terão um aumento no valor do Auxílio de Dedicação Integral (ADI), que passa de R$ 13,10 para R$ 14,10 por dia.  Os novos índices de aumento dos salários dos professores e servidores passarão pelo crivo dos vereadores.

O entendimento entre a Prefeitura, os professores e os servidores do Município dá tranquilidade aos estudantes e pais de alunos que estavam temerosos com a ameaça de paralisação das atividades em sala de aula.

O prefeito Roberto Cláudio havia se reunido, na última quarta-feira(4), com representantes dos professores para avançar com as negociações e, vinte e quatro após o primeiro encontro, foi fechado o acordo salarial para 2020. O reajuste de salários, pelos cálculos do Município, terá um impacto nos cofres da Prefeitura, neste ano, de 129 milhões e 300 mil reais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp