Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Sindicato União dos Trabalhadores em Educação de Fortaleza. (Sindiute) anunciou que os profissionais da educação do município entrarão em greve geral a partir da próxima segunda-feira (31), data na qual a rede pública de ensino – tanto do município quanto do Estado-, retornariam suas atividades de maneira presencial.

A decisão foi tomada após reunião, nesta sexta-feira (28), na qual a categoria listou as pautas a serem reivindicadas. Uma delas, era o reajuste de 33,23%. Contudo, com o anúncio do Prefeito José Sarto, nessa quinta-feira (27), os profissionais querem, agora, saber se o reajuste atenderá inativos e assistentes em educação e a retroatividade a primeiro de janeiro de 2022.

Contudo, a categoria ainda busca o atendimento, pela gestão municipal, das seguintes pautas:

  • Concurso público para todos os cargos da educação;
  • Subvinculação e rateio do precatório de 2015 do antigo do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef);
  • Abono para a contribuição previdenciária de 14% dos aposentados.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp