Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto:
Na manhã desta terça-feira (23), servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran/CE) decidiram entrar em greve e organizam paralisação geral no próximo dia 2 de maio. Ações pontuais na capital e no interior não estão descartadas até a data.
A greve é a forma que  os servidores encontraram de se posicionar contra a mensagem do Governo do Estado que tramita na Assembleia Legislativa desde fevereiro. A mensagem dispõe sobre a aprovação do projeto de lei que, segundo os servidores, implica na retirada do fator limitador das progressões funcionais e beneficiaria somente os servidores que ingressaram em 2019. 
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Ceará (Sindetran/CE), cerca de 500 trabalhadores seriam prejudicados com a medida. Além disso, o sindicato destaca que os aprovados do último certame, conforme estatuto do servidor público, só poderão ser avaliados após três anos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp