Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Um alívio para milhares de estudantes ansiosos pelos resultados do Sistema de Seleção Unificada. O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, decidiu liberar a divulgação do resultado das inscrições no Sisu. A divulgação pelo Ministério da Educação  estava prevista para esta terça-feira, mas foi suspensa por uma liminar da Justiça, que também impediu o início das inscrições no Programa Universidade para Todos (Prouni).

De acordo com a Justiça, a suspensão se deu porque e o governo ainda precisa dar um posicionamento “seguro e transparente” sobre a correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. As notas no Enem são usadas pelos estudantes para fazer inscrição no Sisu e concorrer a vagas em universidades públicas em todo o país.

Na semana passada, o Ministério da Educação (MEC) informou que houve erros na atribuição de notas para cerca de 6 mil alunos. Segundo a pasta, a falha teria ocorrido na impressão das provas aplicadas em algumas cidades, sendo responsabilidade de uma gráfica. O MEC acrescentou que corrigiu o problema e não houve prejuízos para os estudantes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp