Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de envolvimento no assassinato de um policial militar durante o resgate de três detentos da Cadeia Pública de Milhã, no interior do Ceará.

O crime ocorreu no dia 12 de dezembro, quando uma quadrilha com cerca de 10 homens armados invadiu a unidade prisional e resgatou os três presos. O sargento da Polícia Militar Izaías dos Santos Lima, 41 anos, tentou impedir a fuga e foi morto. Outros dois suspeitos já haviam sido capturados no dia 13 de dezembro.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o homem foi localizado com armas de fogo, munições, drogas e rádios comunicadores. Segundo a polícia, o homem também tinha fardas usadas por servidores do sistema prisional do estado.

A prisão ocorreu após investigação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em conjunto com a Divisão Antissequestro (DAS), Departamento de Polícia do Interior Sul (DPI) e Delegacia Regional de Senador Pompeu.

A identificação do suspeito não foi divulgada. Os delegadores que realizaram a operação concederão entrevista coletiva nesta quarta-feira (20) para repassar outras informações sobre a prisão.

O sargento Izaías dos Santos Lima foi baleado na cabeça em troca de tiros com os suspeitos. Ele morreu quando recebia atendimento médico. Conforme a Secretaria de Segurança Pública, ele recebeu atendimento no hospital da cidade e foi encaminhado de helicóptero para Fortaleza, mas não resistiu.

O policial militar Izaías dos Santos Lima atuava na 2ª Companhia do 9º Batalhão de Polícia Militar. A vítima ingressou na Polícia Militar do Estado do Ceará em 15 de junho de 1998.

Com informação do G1