Categorias
Política Estadual

AL comemora 35 anos do Núcleo de Pesquisas sobre a Criança da UFC

A Assembleia Legislativa comemora, nesta sexta-feira (30), a partir das 15h, no Plenário 13 de Maio, os 35 anos do Núcleo Cearense de Estudos e Pesquisas sobre a Criança, da Universidade Federal do Ceará (Nucepec/UFC). A solenidade atende requerimento do deputado Renato Roseno (Psol).

O parlamentar explicou que o Nucepec foi fundado em 1984, com o propósito de contribuir com o cenário político e acadêmico em prol dos direitos da criança e do adolescente. É vinculado ao departamento de Psicologia da UFC e à Pró-Reitoria de Extensão e emprega ações de pesquisa, ensino e formação humana.

Homenagens
Serão homenageadas a fundadora da Pastoral do Menor de Fortaleza, Maria Crismanda Saraiva; a assistente social Eliane Maria Lopes; a coordenadora nacional do Centro de Defesas, Margarida Maria Marques, além de representantes do Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência da Assembleia Legislativa, representantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) e do Núcleo Cearense de Estudos e Pesquisa sobre a Criança.

 

Tenha acesso a agenda completa da Assembleia Legislativa

Categorias
Educação

Após 7 dias de posse, reitor da UFC não despachou na reitoria e trabalha em outros departamentos

O professor Cândido Albuquerque, empossado oficialmente pelo Ministério da Educação (MEC) há 7 dias reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC) ainda não conseguiu despachar do prédio da reitoria da UFC, no Benfica, em Fortaleza. Nesta quarta-feira (28), ele confirmou que segue trabalhando em diversas unidades e departamentos da UFC. Não há previsão de quando ele irá comparecer ao gabinete no Benfica. Cândido, que é alvo de protestos, alega que “aguarda o momento oportuno de atuar na própria reitoria”.

Grupos de estudantes e professores manifestam-se contra a escolha de Cândido, desde a nomeação feita pelo presidente Jair Bolsonaro, na segunda-feira (19). O presidente quebrou a tradição de nomear o candidato com a maior preferência da comunidade acadêmica. A nomeação de Cândido foi a segunda da história da UFC a contrariar a consulta pública feita com os corpos discente e docente da universidade. A primeira ocorreu em 1991, quando Antônio de Albuquerque Sousa Filho foi empossado.

Cândido foi o candidato com menor número de votos na consulta pública na universidade. No processo com 11.997 eleitores o atual reitor teve 610 votos. Custódio Almeida, o candidato mais votado, teve 7.772. Cândido também foi o segundo colocado na lista tríplice realizada pelo Conselho Universitário (Consuni).

Nesta quarta-feira (28), questionado se já esteve no prédio reitoria, Cândido disse que “fui, mas não vou ficar indo lá”. De acordo com o reitor, ele tem despachado de outros departamentos da UFC. “Estou indo e saindo. É até uma maneira de interagir com as outras unidades”. Indagado sobre quais foram os prédios em que já despachou, Cândido preferiu não comentar.

“A universidade está funcionando normalmente. O grupo de insatisfação não atinge 1%”, ressalta ele. O não comparecimento à reitoria, reitera o reitor, deve-se a “uma questão de animosidade. Eu estou fazendo isso porque estou abrindo o diálogo”. Cândido também foi questionado sobre como, diante do cenário de manifestações, pretende abrir o diálogo com a comunidade acadêmica. Mas, embora ressalte que há disposição, ele não especificou nenhuma ação concreta para isso.

“Em primeiro lugar o grupo que está insatisfeito é muito pequeno. São 50 ou 60 pessoas. Eu estou disposto ao diálogo. Estou procurando todos eles porque esse é o objetivo. Nós estamos abertos e estamos procurando as pessoas”, finalizou.

Na terça-feira, em mais um ato de protesto contra a nomeação do atual reitor, estudantes instalaram uma espécie de ‘gabinete’ no cruzamento da Avenida da Universidade com a 13 de Maio, no Bairro Benfica, em Fortaleza, nas proximidades da reitoria.

 

Categorias
Educação Destaque1

Estudantes da UFC se reúnem para impedir entrada de novo reitor da universidade

Estudante se reúnem na manhã desta sexta-feira (23) em frente a Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), no bairro Benfica, para protestar contra a nomeação do novo reitor da universidade, Cândido Albuquerque, que tomou posse do cargo nessa quinta-feira (22).

A nomeação de Cândido Albuquerque foi anunciada em edição extra do Diário Oficial da União na última segunda-feira (19). A decisão do presidente Jair Bolsonaro contrariou a preferência de estudantes, professores e servidores tanto em consulta pública quanto na elaboração da lista tríplice elaborada pelo Conselho Universitário (Consuni).

Consulta para Reitor UFC 2019

Estudantes
Custódio 70,14% (6.067)
Gomes 25,86% (2.237)
Cândido 3,98% (345)

Técnico-administrativos
Custódio 53,07% (846)
Gomes 37,51% (598)
Cândido 9,41% (150)

Docentes
Custódio 52,12% (859)
Gomes 40,89% (674)
Cândido 6,97% (115)

[KGVID]https://www.cearaagora.com.br/site/wp-content/uploads/2019/08/whatsapp-video-2019-08-23-at-103104-1.mp4[/KGVID]

Saiba mais

+Novo reitor da UFC, Cândido Albuquerque toma posse nesta quinta-feira em Brasília

Na última terça-feira (20) estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) fecharam o cruzamento entre as avenidas 13 de Maio e da Universidade em um ato contra a escolha de Cândido Albuquerque, feita por Jair Bolsonaro, como novo reitor da instituição.

Saiba mais

+Manifestação: estudantes da UFC protestam contra escolha do novo reitor da universidade

O novo reitor foi o terceiro mais votado em uma consulta pública realizada dentro da Universidade. Cândido Albuquerque, que recebeu 610 votos, ficou atrás do professor Custódio Luís Silva de Almeida, com 7.772 votos, atual vice-reitor, e do professor Antônio Gomes de Souza Filho, atual pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade ficou em segundo lugar, com 3.499 votos.

Mestre em Ordem Jurídica Constitucional pela UFC (2009) e doutor em Educação Brasileira, também pela UFC (2016), Cândido Albuquerque é docente dessa universidade desde 1991, lecionando a disciplina Direito Penal na graduação e na pós-graduação. Foi ainda chefe do Departamento de Direito Público da Faculdade de Direito de 1998 a 2002 e 2008 a 2011 e coordenador do Núcleo de Prática Jurídica da UFC em 2010 e 2011.

Categorias
Educação

CNPq deve suspender 2 mil bolsas universitárias no Ceará

Cerca de 2.295 pesquisadores do Ceará poderão ficar sem o pagamento de bolsas universitárias a partir de outubro, segundo o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Em nível nacional, 83.405 estudantes de graduação e pós-graduação estão na mesma situação. Para regularizar o repasse do benefício, o órgão diz precisar de R$ 330 milhões.

Através desse bloqueio de R$ 47 milhões anunciado pelo Governo Federal em abril deste ano. Os novos bolsistas da UFC não poderão ocupar mais essas vagas existentes. Esta decisão foi oficializada pela Pró-Reitoria de Planejamento e Administração no dia 1º de agosto.

O corte no orçamento da universidade deverá atingir as áreas de pesquisa e pós-graduação, graduação, extensão, assuntos estudantis e relações internacionais, além da Secretaria de Tecnologia da Informação, de Cultura e Arte e Escola Integrada de Desenvolvimento e Inovação Acadêmica.

Categorias
Cidade

Área sem seca no Ceará sofre leve redução, no entanto o cenário hídrico segue em atenção

O mais recente mapa do Monitor de Secas aponta que o Ceará apresentou, em julho, redução absoluta de 2,8% na área sem estiagem em relação ao mês de junho. No mês passado, o estado apresentava 38,39% e, no anterior, 41,21%.

Apesar do cenário ainda ser considerado crítico, já que o segundo semestre do ano, conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) costuma ser de chuvas escassas, não houve surgimento de áreas consideradas entre grave e excepcional, cenário observado desde abril.

Atualmente, o Ceará apresenta 61,61% do seu território com algum nível de estiagem. Sendo 25,40% seca moderada e 36,21% considerada fraca. De acordo com o Monitor de Secas, maior parte das áreas atingidas estão no centro-sul do estado.

Mesmo com leve variação, segue sendo necessário o uso consciente da água. Hoje, dos 155 açudes monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), 76 estão com volume inferior aos 30%.

Sobre o Monitor

O Monitor de Secas promove o monitoramento regular e periódico da situação da seca, por meio do qual é possível acompanhar sua evolução, classificando-a segundo o grau de severidade dos impactos observados.

O projeto é coordenado pela Agência Nacional de Águas (ANA), com o apoio da Funceme, e desenvolvido conjuntamente com diversas instituições estaduais e federais ligadas às áreas de clima e recursos hídricos.

Categorias
Saúde Destaque3

Hospital Walter Cantídio bate recorde em transplantes de medula óssea

O Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) alcançou, no último mês de julho, o recorde de 10 transplantes de medula óssea, superando a média de 5 procedimentos que são feitos mensalmente. O Serviço de Transplante de Medula Óssea, uma parceria entre o HUWC e o Hemoce, contabiliza agora 476 transplantes, em 11 anos de atendimento (desde 2008).

Dos 10 procedimentos realizados no período, 7 foram “autólogos”, 2 “alogênicos” e 1 “haploidêntico”. O transplante autólogo é quando acontece o autotransplante. No transplante alogênico, as células precursoras da medula provêm de outro indivíduo (doador), de acordo com o nível de compatibilidade do material sanguíneo.

Já no haploidêntico, o transplante acontece com a medula de parente de primeiro grau, como pai ou irmão do paciente, em que há apenas metade da compatibilidade.

Categorias
Educação

Universidade Federal do Ceará registra 12º maior contingenciamemto entre instituições federais

Após contingenciamento de R$ 45 milhões, a UFC (Universidade Federal do Ceará), registrou o 12º maior corte do MEC entre as 106 instituições de ensino superior federais do Brasil.

A informação foi anunciada pelo MEC através de uma resposta a um pedido da Lei de Acesso à Informação. Antes do corte, a base discricionária da UFC (ou seja, recursos que poderiam ter aplicação manejada pelo reitor da universidade) era de R$ 150,1 milhões.

O IFCE também está entre um dos principais órgãos afetados pelo contingenciamento no País. Com redução de R$ 34 milhões, a instituição teve o 19º maior corte. Por conta da restrição, o reitor do órgão já afirmou que corre risco de fechar em agosto.

Já a Unilab, com cortes em R$ 11,5 milhões, aparece como a 85ª instituição mais afetada.  Por fim, a UFCA aparece em 94ª posição, com redução de R$ 8,8 milhões.

Categorias
Saúde Destaque2

Universidade Federal do Ceará inicia testes inéditos no Brasil com a “pílula do câncer” em humanos sadios

A Universidade Federal do Ceará (UFC) iniciou os primeiros estudos em seres humanos com a chamada “pílula do câncer”. A substância utilizada, a fosfoetanolamina, promete ser uma alternativa mais eficaz na redução dos tumores malignos.

Ao todo, 64 voluntários sadios entre 18 e 50 anos foram divididos em quatro grupos que receberão dosagens diferentes do fármaco. O primeiro grupo começou os experimentos nesta segunda-feira (17), com 500 miligramas. Os próximos terão dosagens maiores, até um máximo de três gramas. O objetivo é avaliar a dosagem ideal da substância, medir possíveis efeitos colaterais, assim como o tempo de absorção da substância pelo organismo.

Essa é a primeira vez que os testes são aplicados em pessoas sadias no Brasil. A coordenação dos estudos é da Professora Elisabete Moraes, coordenadora do Centro de Pesquisa Clínica do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos.

Os estudos aguardam novos recursos para continuar a pesquisa, até agora financiada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

O fármaco já foi testado em camundongos, que tiveram uma resposta eficaz. O uso da substância resultou na diminuição do índice de resposta a terapias de um dos tipos de câncer de pele mais agressivos. O resultado mostrou a redução de 64% sobre o crescimento do tumor, índice inferior ao constatado com substância já utilizada em tratamento de câncer. Os animais também não tiveram efeitos colaterais relevantes.

Categorias
Educação Destaque3

Estudantes selecionados no Sisu podem fazer matrícula a partir de hoje

Os estudantes selecionados na chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) podem, a partir de hoje (12), fazer a matrícula nas instituições de ensino para as quais foram selecionados. O prazo vai até o dia 17 e cabe aos candidatos verificar os dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição.

As vagas que não forem preenchidas serão ofertadas para os estudantes em lista de espera. Quem não foi selecionado em nenhuma das duas opções de curso feitas na hora da inscrição e quiser integrar a lista tem até o dia 17 para fazer a adesão, no site do Sisu.

Os estudantes que conseguirem a vaga por meio da lista de espera serão convocados a partir do dia 19 pelas próprias instituições de ensino. Nessa etapa caberá aos próprios candidatos acompanhar a convocação na instituição que solicitaram a vaga.

Nesta edição, o Sisu oferece 59.028 vagas em 76 instituições públicas de ensino em todo o país. A seleção é feita com base no desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018. Para participar, os estudantes precisam ter obtido nota acima de zero na redação do exame. Ao todo, 640.205 estudantes se inscreveram no programa, de acordo com balanço divulgado pelo MEC.

Categorias
Policial

Três armas são apreendidas pela Polícia Militar em terreno pertencente à universidade

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) apreendeu, nesse domingo (9), três armas de fogo, sendo um rifle de calibre 22, uma carabina calibre 38 e um fuzil 762. O armamento estava em uma parte do terreno do Campus da Universidade Federal do Ceará (UFC), no bairro Pici, Área Integrada de Segurança 6 (AIS 6).

Foto: Reprodução.

Durante rondas realizadas nas dependências do Campus, vigilantes da universidade avistaram as três armas. De pronto, os profissionais entraram em contato com a Polícia Militar, que encaminhou uma equipe ao local. O armamento, que estava em um matagal, foi apreendido e em seguida encaminhado ao 10º Distrito Policial (DP).

Foi instaurado inquérito policial por portaria, referente ao crime de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Devido a apreensão ter acontecido no interior das dependências pertencentes a um órgão federal, o caso foi levado para a Polícia Federal (PF).