Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
O terceiro suspeito de envolvimento no ataque contra uma travesti de 42 anos, na cidade de Morrinhos – Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17) –, foi preso na tarde dessa segunda-feira (20), por meio de uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar. O homem, identificado por Francisco Adriano Gomes (22) – conhecido por “Adriano Chupão”, foi capturado na cidade de Marco, na AIS 17, após diligências realizadas pelas Forças de Segurança. O crime ocorreu no último dia 19.

No domingo, os policiais localizaram, momentos depois da tentativa de homicídio, o primeiro suspeito, identificado como José Edson de Maria (33) – conhecido por “Edsô” –, foi preso ainda na região. Já o segundo envolvido, Francisco Edvan de Araújo (30) – conhecido por “Baratão” – foi encontrado dentro de um matagal, nas proximidades de sua residência.  De acordo com as investigações, há suspeitas que o primo da vítima estivesse mantendo um relacionamento extraconjugal com a esposa de “Edsô”. Fato que gerou uma discussão, após a travesti indagar o porquê das ameaças proferidas pelo suspeito contra o seu parente. O desentendimento, ocorrido em um bar, culminou em uma série de agressões e a vítima foi atingida por golpes de faca, chutes e socos. O delito ocorreu próximo ao estabelecimento.

As investigações acerca do fato estão a cargo da Delegacia Regional de Acaraú e os suspeitos foram indiciados por tentativa de homicídio. De acordo com a delegada Socorro Portela, titular da Delegacia Regional de Acaraú, as apurações permanecerão e a vítima, que se encontra internada em uma unidade em Sobral (AIS 12), será ouvida ainda esta semana.

Fonte SSPDS
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp