Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Trabalhadores da construção civil decretaram greve nessa quinta-feira e realizaram um protesto que bloqueou ruas e avenidas de Fortaleza. Os profissionais realizam uma reunião na Praça Portugal, no Bairro Aldeota, para definir os próximos passos do movimento.

Devido ao ato, avenidas como a Desembargador Moreira e Dom Luís ficaram parcialmente bloqueadas e apresentaram pontos de lentidão.

Os manifestantes saíram em passeata por diversas vias da capital. Por volta das 9h30, a categoria se reuniu na Praça Portugal, onde representantes do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil realizaram uma assembleia.

O Sindicato das Construtoras do Ceará repudiou as manifestações. Em nota, a entidade informou que foram realizados protestos violentos com invasões, depredações, furtos nos canteiros e ameaças a trabalhadores para conseguir as paralisações das obras. O Sindicato esclareceu que continua aberto ao diálogo com a categoria.