Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A visita do presidente Jair Bolsonaro (PL) a Quixadá, onde lançou, nesta quarta-feira, o programa Força Tarefa das Águas, consolidou a dobradinha com o deputado federal e pré-candidato ao Governo do Estado, Capitão Wagner (União Brasil). Wagner ficou ao lado de Bolsonaro, voltou a defender os feitos do Governo e conclamou os aliados a se mobilizarem na formação de uma ampla frente partidária para enfrentar o grupo que está no comando do estado há 20 anos.

Wagner representará, na disputa pelo Palácio da Abolição, o palanque do presidente Bolsonaro no Ceará. A estratégia de campanha vai carregar o slogan Capitão Lá – Bolsonaro, Capitão Cá – Wagner.

GARUPA DE MOTO

O presidente Bolsonaro, ao chegar a Quixadá, pegou carona em uma moto até o local da solenidade onde centenas de pessoas o aguardavam. Ao longo do percurso, passando por uma das principais vias da cidade, Bolsonaro acenou para os moradores e foi retribuído com palavras de incentivo.
Os admiradores do presidente empunhavam bandeiras e camisas nas cores verde e amarelo. Caravanas de várias cidades do Interior foram, também, prestigiar a comitiva presidencial.

O presidente prestou contas das ações do Governo, disse que estava no Ceará ao lado de vários ministros cabras da peste e destacou como um dos principais feitos a conclusão da transposição de águas do Rio São Francisco. Com ataques diretos ao ciclo do PT, Bolsonaro citou que o endividamento, o desvio e a roubalheira no BNDES e na Petrobras, ao longo de 14 anos, deixaram um rombo de R$ 1 trilhão.

Confira o vídeo onde Bolsonaro anda de moto:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp