Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Mais 275 mil pessoas passam a ter direito ao auxílio emergencial de R$ 600. O anúncio foi feito pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. Desse total, 10 mil fizeram as inscrições pelos Correios e 265 mil estavam em contestação (correção de dados) pelo aplicativo da instituição financeira. Mas ainda restam cerca de 121 mil pessoas aguardando análise (81,5 mil na segunda fase de avaliação e 39,9 mil na fase inicial). O auxílio é pago em etapas e, até o momento, 66,9 milhões de pessoas já receberam 254,2 milhões de pagamentos em pelo menos uma das cinco etapas, totalizando R$ 179 bilhões.

Na quarta-feira, o Ministério da Cidadania publicou no Diário Ofical da União (DOU) o calendário de pagamentos, que foi reforçado pela Caixa. A parcela 5 do saque em dinheiro para 1,9 milhões de inscritos no Programa Bolsa Família, com inscrição final 9, será nessa sexta-feira. Na segunda-feira, 31 de agosto, será a vez dos 1,9 milhão de beneficiários, com final 0. Os saques e transferências de diversos outros benefícios também estarão disponíveis de 19 de setembro a 15 de dezembro, de acordo com a data de aniversário.

Quem se inscreveu pelos aplicativos da Caixa tem outro calendário para recebimento. O saque em dinheiro será em 1º de setembro, para os nascidos em agosto; 5 de setembro, para quem faz aniversário em setembro; 12 de setembro, para os que nasceram em outubro e novembro; e 17 de setembro, para os aniversariantes de dezembro. No Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda (BEm), de acordo com a Caixa, 4,8 milhões de pessoas foram beneficiadas, com R$ 11,2 bilhões. Foram, ainda, liberados R$ 9,5 bilhões para micro e pequenas empresas – R$ 2,2 bilhões de crédito assistido pelo Sebrae, e R$ 7,2 bilhões do Pronampe.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp