Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A equipe econômica do Ministério da Fazenda, deve anunciar, nos próximos dias, medidas de ajuste fiscal em relação ao salário de várias categorias. A informação foi dada pelo colunista Lauro Jardim, do O Globo. Segundo o Governo é tentar cumprir a meta (hoje em xeque) estabelecida pelo governo Temer — ou seja, um déficit de R$ 139 bilhões em suas contas. Vai cortar despesas, portanto.

Uma das medidas em estudo — mas já consensual dentro da equipe econômica – é o adiamento do reajuste de várias categorias de servidores, previsto para janeiro de 2018: auditores da Receita Federal e do Trabalho, peritos médico previdenciário, diplomatas, oficial de chancelaria, entre outras.

A ideia é que o reajuste só seja dado no segundo semestre do ano que vem. A economia prevista é de R$ 11 bilhões por ano.