Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As ações de fiscalização do Ministério do Trabalho contra o trabalho escravo e o trabalho infantil irão parar em todo o país a partir de agosto.

O contingenciamento imposto pelo governo federal impedirá, por exemplo, que seja comprado combustível para os carros. Assim, nenhum fiscal poderá ir a campo fazer inspeções ou flagrantes. As informações são do jornal O Globo.

A fiscalização de condições degradantes de trabalho no campo e em obras também será interrompida pela pasta.

Em junho, a Polícia Federal suspendeu a emissão de passaportes também por falta de recursos. Mesmo após liberação de crédito suplementar, há grandes chances de outras áreas da PF serem afetadas ainda neste semestre.