Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo Federal vai fechar a Gerência de Filial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (Gifug) de Fortaleza juntamente com outras 10 no País. A decisão atinge diretamente 1,2 servidores da Caixa Econômica Federal no Brasil e deve surtir efeitos no atendimento também.

A agência de Fortaleza possui 62 funcionários em exercício. São 16 filiais em todo o País, apenas as de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Florianópolis (SC) serão mantidas.

Os bancários que trabalham diretamente com o FGTS devem ser realocados ou ingressar no plano de demissão voluntária (PDV). Estes funcionários são responsáveis por fazer o cadastro, a arrecadação e o pagamento dos trabalhadores que precisam sacar recursos do fundo.

Conforme o Comitê Nacional em defesa das empresas públicas, 66% do mercado imobiliário atual pertence à Caixa, sendo reforçado com o uso do FGTS para realizar os financiamentos.