Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma quadrilha que atuava no Ceará e nos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas foi desarticulada nesta segunda-feira (22) durante uma Operação Capitania, deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco.

Entre as acusações contra o grupo estão ataques a bancos, explosões de carros-forte e comércio de armas de fogo. No total, foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, 15 de prisão preventiva e uma condução coercitiva.

De acordo com o apurado da Folha de Pernambuco, o líder da quadrilha era Genilson Batista. Ele foi preso na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco. A Polícia Civil informou que a prisão dos suspeitos evitou pelo menos três ataques.

As investigações duraram cerca de seis meses, chegando a conclusão que a quadrilha já havia atuado em Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Ceará.