Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Depois do preço da carne subir e pesar no bolso dos consumidores cearenses, a expectativa para a próxima semana é que o valor apresente uma redução de 10% a 15% nos supermercados do Ceará. De acordo com a Associação Cearense de Supermercados, nas semanas seguintes o valor do produto deve continuar em queda até se estabilizar. A explicação é que devido a queda na exportação da carne para a China, não deve haver novos aumentos.

Entre agosto e novembro, o preço da carne subiu cerca de 30%, segundo o Sindicato do Comércio de Carnes Frescas do Ceará (Sindicarne-CE). O aumento foi provocado pela combinação da entressafra do boi com o crescimento da compra de carne pela China e outros países asiáticos, diante da peste suína.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp