Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O prefeito Roberto Cláudio entrega, nesta quinta-feira (19), às 10h, no Terminal do Antônio Bezerra, a 9ª Base Descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Na ocasião, também será prestada uma homenagem aos 38 profissionais do Samu que atuaram no atendimento e resgate às vítimas do desabamento do Edifício Andréa, ocorrido em 15 de outubro, em Fortaleza.

Além do Prefeito, a solenidade contará com a participação da titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Joana Maciel; do coordenador dos Hospitais e Unidades Especializadas, Romel Araújo; e do gerente do Samu Fortaleza, Frederico Arnaud. A iniciativa tem como principal objetivo reduzir o tempo de espera da vítima ao solicitar uma ambulância, priorizando sempre os casos mais graves e a preservação da vida.

O bairro Antônio Bezerra representa hoje cerca de 14% de todas as ocorrências da Cidade, onde, de janeiro a outubro de 2019, já somam mais de 42.047 casos. As principais demandas são: acidentes de trânsito, urgências cardiológicas, quedas, dispneia, violência interpessoal, entre outras emergências clínicas.

De acordo com o gerente do Samu, Frederico Arnaud, o projeto das Bases Descentralizadas consiste em dar uma maior celeridade ao serviço, que, entre outros fatores, é prejudicado pelas constantes ocorrências de falsas ligações. “Descentralizando os atendimentos, conseguimos fazer com que, na hora do chamado, as equipes estejam mais próximas do lugar da ocorrência. Por isso, a distribuição das ambulâncias está sendo feita em locais estratégicos da cidade”, enfatizou.

Buscando ofertar um serviço de saúde pública de excelência, a Prefeitura de Fortaleza entregará à população 15 bases descentralizadas do Samu 192 até o fim de 2020, incluindo os terminais de Messejana, Siqueira e Conjunto Ceará, onde o serviço também será implantado.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp