Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

“Ele vai precisar imprimir uma marca própria, o Evandro Leitão vai precisar desenvolver um método que coloque-o no panteão dos presidentes da casa, e principalmente fixar o seu nome” – afirmou o jornalista Beto Almeida no Bate-Papo político, desta quarta-feira (09), no Alerta Geral, ao falar sobre a eleição do deputado Evandro Leitão à presidência da Assembleia Legislativa.

Juntamente com Beto Almeida no Bate-Papo político, o jornalista Luzenor de Oliveira destacou que a eleição de Evandro Leitão, por 44 votos favoráveis, foi pacífica e construída sobre um ambiente com ausência de conflitos e divergências.

“Uma eleição antecipada, pacificada, sem ambiente de conflitos, nem divergência, assim faz a transição o presidente da mesa diretora José Sarto, eleito prefeito de Fortaleza , no dia 01 de janeiro assume o comando politico e administrativo da prefeitura da capital e já deixa a Assembleia em uma articulação com o PDT, com a cúpula estadual do PDT, com o governador Camilo Santana, com um ambiente de pacificação, sem conflitos”

Beto Almeida ressalta que o deputado Evandro Leitão assume a presidência da casa em condições completamente favoráveis devido a um trabalho bem articulado pelo ainda presidente José Sarto.

“Claro que houve internamente o emparelhamento de ideias, porque havia outros deputados, outros colegas que também pleiteavam o cargo da mesa diretora, mas tem desafios para a próxima legislatura” diz Beto que pontua a necessidade de Evandro buscar uma marca própria como presidente da casa.

“Ele vai precisar imprimir uma marca própria, o Evandro Leitão vai precisar desenvolver um método que coloque-o no panteão dos presidentes da casa, e principalmente fixar o seu nome. Então ele vai ter que ter uma marca própria nisso aí. Vamos ver qual será essa marca”

O jornalista Beto Almeida disse, ainda, que é importante que as Comissões Técnicas tenham maior protagonismo dentro da Assembleia Legislativa e Luzenor, ao concordar com ele, destaca a necessidade das ações para o Legislativo estar mais sintonizado com a população.

“São projetos e ações que dizem respeito diretamente a vida de cada um dos cearenses, daí a importância e eu concordo com você, sobre esse olhar necessário da nova mesa diretora para as comissões técnicas que neste ano de 2020, foi marcada a atuação das comissões técnicas de forma bem atípica, diferente da calmaria que tínhamos em anos anteriores, com a pandemia do coronavírus, da Covid 19, tudo mudou”

Fim da reeleição na mesma legislatura

Por fim, ao falar sobre o Legislativo Estadual, Beto Almeida traz para o Bate-Papo político a leitura sobre a decisão do STF de proibir a reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado na mesma legislatura. Ele diz que esse parecer começa a reverberar na Assembleia Legislativa, haja vista que o deputado Guilherme Landim (PDT) elaborou uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) para proibir a reeleição de presidentes da casa numa mesma legislatura.

“Parece-me que a ele eleição de apenas um mandato dentro da mesma legislatura permite uma postura de maior democracia interna com a rotatividade do poder. Um mandato de dois anos, nesse casos e essa mudança vir, a Assembleia passa a ter um presidente a cada legislatura, dois a cada legislatura”, finaliza Luzenor ao comentar o tema.

Acompanhe o Bate-Papo político, no Jornal Alerta Geral, entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp